loader

Luto Municipal por Tiago Gonçalves e homenagem da Orquestra Filarmónica Portuguesa - Rádio Altitude

  • Home    /    
  • Atualidade    /
  • Luto Municipal por Tiago Gonçalves e homenagem da Orquestra Filarmónica Portuguesa - Rádio Altitude

A Câmara Municipal da Guarda decretou que a próxima segunda-feira será dia de Luto Municipal, em memória de Tiago Gonçalves, hoje falecido [ver notícia aqui].

«Enquanto Presidente da Câmara Municipal da Guarda, na convicção de que interpreto, fielmente, o sentimento de todos os Guardenses, determino o cumprimento de 1 dia de Luto Municipal, gesto que simbolicamente visa enaltecer um dos ilustres nomes da nossa Cidade, que se notabilizou por ser um Cidadão íntegro, pela sua dedicação, pela sua afetividade e conduta para com o próximo, e em prol da causa pública, com espírito voluntarioso», refere a nota do presidente da Câmara, Carlos Chaves Monteiro, que determina a «correspondente colocação da Bandeira do Município a meia haste».

O autarca acrescenta que Tiago Gonçalves «manifestou sempre particular entusiasmo pelo desenvolvimento e fomento do associativismo local», recordando-o como «competente e afável», que «granjeou, desde sempre, a simpatia, a amizade e respeito dos guardenses».

Trata-se, assim, de «um nome incontornável na defesa e no apoio das gentes da Guarda». «Com esta perda estamos todos de luto», refere Carlos Chaves Monteiro.

Também o final da tarde, num concerto que teve lugar no anfiteatro exterior da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, integrado na programação de Verão “Isto (não) é um festival”, organizada pela Câmara Municipal da Guarda, a Orquestra Filarmónica Portuguesa dedicou a Tiago Gonçalves o 3º Andamento da 3ª Sinfonia de Brahms, depois de o maestro Osvaldo Ferreira ter lido um texto de homenagem ao advogado e deputado municipal.

Sucedem-se, entretanto, os votos de pesar. A presidente da Assembleia Municipal, Cidália Valbom, refere-se a Tiago Gonçalves como «um democrata e um defensor convicto da sua terra e das suas gentes» e expressa as condolências à família, convicta de que sentirá «certamente muito orgulhosa, tal como todos nós, por termos podido privar com ele e usufruir de tudo o que nos deixa».

Os partidos políticos também manifestam publicamente o pesar. A comissão política concelhia do PSD, que Tiago Gonçalves liderou até há duas semanas, recorda-o pela «alegria que lhe era própria» e apela aos militantes que «sigamos os seus bons exemplos na condução das nossas vidas».

«Por todos os cargos por onde passou, seja como Presidente da Jurisdição Nacional da JSD, seja como Diretor da Campanha Autárquica em 2017, seja como Presidente da Concelhia da Guarda do PSD que foi até há poucas semanas, seja como Deputado Municipal e líder do Grupo Parlamentar do PSD na Assembleia Municipal da Guarda, sempre demonstrou nas suas intervenções um verdadeiro espírito de franca abertura ao diálogo e à defesa dos princípios democráticos, sempre com muita elevação, com empenho, lealdade, um exemplo para todos nós», refere a estrutura social-democrata.

A comissão política distrital do PSD refere-se-lhe como «homem inteligente, dedicado ao partido e à militância ativa».

Já a estrutura concelhia da Juventude Social Democrata dirige-se à memória de Tiago Gonçalves testemunhando que «todos contigo aprendemos, todos contigo crescemos». E recorda «a tua crítica construtiva, serena mas incisiva; a tua capacidade de argumentação e defesa de ideais e valores, sempre procurando união, consenso e verdade; a tua crença de que toda a ação deve centrar-se nas pessoas, com as pessoas e pelas pessoas; a tua capacidade de falar com e para todos e, ao mesmo tempo, para cada um».

As restantes forças partidárias também tornaram públicas notas de condolências. A concelhia da Guarda do o Partido Socialista «lamenta profundamente a morte de Tiago Gonçalves, ativista político, dirigente associativo, fiel aos seus ideais e comprometido com a sua terra» e refere que «será lembrado como um adversário político que debatia com honradez e que pôs sempre os interesses da Guarda em primeiro lugar».

A distrital do Bloco de Esquerda afirma que Tiago Gonçalves «foi sempre um adversário político com princípios e honra, debatendo-se constantemente por construir caminhos que unissem todos os setores políticos na defesa da Guarda».

Definições de Cookies

A Rádio Altitude pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.