Variante da Sequeira custa 4 milhões. Obra integrada na remodelação das linhas

  • Home    /    
  • Atualidade    /
  • Variante da Sequeira custa 4 milhões. Obra integrada na remodelação das linhas

«Um acordo histórico». É assim que tanto o presidente da Câmara Municipal da Guarda, Álvaro Amaro, como o presidente da empresa Infraestruturas de Portugal, António Laranjo, classificam o entendimento para que a construção da há muito ambicionada variante da Sequeira seja incluída nos investimentos da requalificação das linhas ferroviárias. O custo de 4 milhões de euros será totalmente suportado pela empresa, que ainda financia em 75% o valor de um milhão de euros que a Câmara vai aplicar na remodelação da rede viária circundante da estação [ver notícia aqui]. As obras deverão começar no final do próximo ano.

Oiça aqui:

Definições de Cookies

A Rádio Altitude pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.