Única ressonância magnética pública na Beira Interior avariada com «contornos próximos de crime»

  • Home    /    
  • Atualidade    /
  • Única ressonância magnética pública na Beira Interior avariada com «contornos próximos de crime»

Incompetência ou acto deliberado para provocar prejuízos? A Polícia Judiciária da Guarda e a Inspecção-Geral das Actividades em Saúde estão a investigar a origem do corte de energia à máquina de ressonância magnética instalada no Hospital da Guarda. O presidente do conselho de administração da Unidade Local de Saúde da Guarda, Carlos Rodrigues, adianta à Rádio que o caso tem «contornos próximos de crime» porque o equipamento terá sido desligado em Abril passado, a partir de uma zona de controlo técnico a que só alguns profissionais têm acesso. O fim do fornecimento de energia danificou componentes de uma máquina que custou cerca de um milhão e 700 mil euros e é a única na rede pública em toda a Beira Interior. A reparação custa pelo menos 100 mil euros e obriga a partir paredes, para que seja retirada pelo fabricante. Enquanto este equipamento – que nunca funcionou – não estiver a operar, os exames de ressonância magnética vão continuar a ser requisitados a centros privados, pelo valor unitário de 125 euros. Carlos Rodrigues garante que está disposto a ir «até às últimas consequências» neste processo, para dissipar «um sentimento generalizado de irresponsabilidade e passa-culpas».

Oiça aqui:

Definições de Cookies

A Rádio Altitude pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.