Quarto Poder: «estratégia de imolação» lançada por Sérgio Costa e Cidália Valbom fará de Carlos Monteiro «o melhor candidato do PSD»

  • Home    /    
  • Atualidade    /
  • Quarto Poder: «estratégia de imolação» lançada por Sérgio Costa e Cidália Valbom fará de Carlos Monteiro «o melhor candidato do PSD»

O debate “Quarto Poder”, que regressou à Rádio, em edição extra, na passada sexta-feira (com o novo painel em que Tiago Saraiva Gomes se junta a Pedro Pires), também se debruçou sobre a situação do PSD da Guarda.

O comentador Pedro Pires considera que, agora mais do que nunca, o partido que tem o poder na Câmara atravessa uma profunda divisão. E que um dos problemas do PSD continua a ser a “sombra” de Álvaro Amaro. Há equívocos que o antigo presidente da Câmara permite (ou pretende) que surjam sempre que regressa à Guarda, afirma.

A “mão invisível” do agora eurodeputado estará mesmo presente, nesta leitura política, em escolhas que num passado recente seriam consideradas impossíveis, como a de Pedro Nobre para novo coordenador da bancada do partido na Assembleia Municipal. E, desde logo, na influência que é exercida por interpostas pessoas, sobretudo a presidente daquele órgão autárquico, Cidália Valbom, e o vereador agora sem pelouros e líder da concelhia, Sérgio Costa.

Pedro Pires entende, aliás, que a «estratégia de imolação» que lançaram contra o presidente da Câmara só fará de Carlos Monteiro «o melhor candidato do PSD». O partido e a opinião pública começam a não se rever nas tentativas do presidente da concelhia e da presidente da Assembleia Municipal de mostrarem aos dirigentes nacionais (a qualquer custo) que o sucessor de Álvaro Amaro não pode ser cabeça de lista nas eleições autárquicas do próximo ano.

Por outro lado, o ex-presidente da Câmara tenta «agarrar-se à Guarda» (aos «fiéis seguidores» que ainda tem) como último reduto de uma influência que o analista político da Rádio considera que tem vindo a perder plano nacional.

Para Pedro Pires, a figura de relevo do PSD distrital junto de Rui Rio é agora Carlos Peixoto. E será o deputado a ter um papel fundamental para «desatar o nó» em que o partido se encontra, antevê o comentador.

Tiago Saraiva Gomes assegura, pelo contrário, que «a divisão no PSD da Guarda não é o que parece».

Oiça aqui:

Definições de Cookies

A Rádio Altitude pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.