Quarto Poder: António Saraiva “tem condições” para ser director regional da Cultura. PS da Guarda deve tentar nomeação

  • Home    /    
  • Atualidade    /
  • Quarto Poder: António Saraiva “tem condições” para ser director regional da Cultura. PS da Guarda deve tentar nomeação

O distrito da Guarda é agora dos poucos que não tem representação no governo ou em estruturas criadas pelo executivo de António Costa. Esta semana um destacado militante socialista de Viseu tomou posse como secretário de Estado da Juventude e do Desporto. De Coimbra partiu a coordenadora da Unidade de Missão para o Interior. De Bragança foi o secretário de Estado da Administração Interna e de Castelo Branco o da Energia. Estando encerrado –  até ver – o elenco governativo, o Partido Socialista da Guarda deve agora exigir a nomeação de um militante para uma das direcções regionais, ao abrigo de uma espécie de “lei da compensação" que perece existir quando os socialistas vão para o governo – foi hoje referido no programa de debate político da Rádio. Os comentadores do “Quarto Poder” recordaram que num passado ainda recente José Sócrates nomeou António Carlos Santos para director regional do INATEL e António Patrício para subdirector regional de Agricultura e Pescas, no tal princípio do equilíbrio entre as federações do partido na origem de governantes e dirigentes públicos. Estando por agora vedada a hipótese de um militante da Guarda chegar ao governo as possibilidades colocam-se ao PS da Guarda no campo das direcções regionais. Esmeraldo Carvalhinho considera que o distrito teria condições para indicar o eventual sucessor de Celeste Amaro (também oriunda do distrito, concretamente do concelho de Gouveia) na Direcção Regional de Cultura de Centro, a verificar-se a substituição nos próximos tempos. E Tiago Gonçalves sugere mesmo o nome de António Saraiva, vencedor das eleições por agora suspensas para a federação do PS. Hipoteticamente falando, o arquitecto reuniria as condições para o cargo, dizem ambos os comentadores.

Oiça aqui:

Definições de Cookies

A Rádio Altitude pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.