PS: Saraiva quer que Graça Cabral deixe de fazer oposição «leve» e tem contas a ajustar com deputados municipais do PS sobre o fim da APGUR

  • Home    /    
  • Atualidade    /
  • PS: Saraiva quer que Graça Cabral deixe de fazer oposição «leve» e tem contas a ajustar com deputados municipais do PS sobre o fim da APGUR

Candidato à Federação distrital do PS, mas com muitas contas por ajustar na Guarda: com a concelhia, com a vereadora independente eleita pelo Partido Socialista e com deputados na Assembleia Municipal. Na entrevista à Rádio logo a seguir à apresentação pública da candidatura [ver notícia anterior aqui], António Saraiva acusa o presidente da secção local da Guarda de não ter contado toda a história sobre o processo de indicação de candidatos a deputados. João Pedro Borges chegou a acusar o agora candidato a líder distrital de «traição» [ver notícias de Julho de 2015 aqui], por ter aceite o quarto lugar quando alegadamente teria assumido com a concelhia o compromisso de exigir uma das três primeiras posições. Mas António Saraiva nega tal acordo e adianta que «a história não está devidamente contada e é uma questão que nos devidos sítios será analisada». O arquitecto também quer tirar a limpo o silêncio da bancada do PS na Assembleia Municipal, quando foi votada a proposta de Álvaro Amaro para a extinção da Agência para a Promoção da Guarda, da qual foi fundador e gestor : «Essa é outra questão em que ainda está a história também por contar». Se for eleito, Saraiva deseja igualmente que a oposição na Câmara da Guarda seja menos desequilibrada no que toca à prestação dos dois vereadores: se, por um lado, referindo-se a Joaquim Carreira, reconhece que «temos ouvido uma voz muito firme e com uma presença constante», já em relação à independente Graça Cabral (que assumiu o cargo após o pedido de suspensão de José Igreja) admite que a advogada tem protagonizado uma intervenção «mais leve» e que «numa ou noutra questão poderia ter um outro desenvolvimento». O antigo presidente da concelhia dá no entanto como quase certo que os socialistas conseguirão recuperar a Câmara da Guarda nas eleições do próximo ano. A estratégia já tem pressupostos: «Aliando ao Partido Socialista a população da Guarda e criando uma equipa capaz e com o PS unido, seremos vitoriosos». Quanto a escolhas para lugares de confiança política em que o presidente da federação socialista é chamado a pronunciar-se, agora que o PS está no governo, António Saraiva espera que seja ainda José Albano a dar essas indicações. A começar pela Unidade Local de Saúde, onde, de qualquer forma, sublinha que é ao ministro da Saúde que cabe tomar a decisão de substituir toda a actual equipa ou apenas parte dela. Ou de nem sequer fazer mexidas – um cenário que não afasta. Em caso de mudança, o candidato vê três perfis possíveis: um gestor, um médico ou um administrador de carreira. Mas não diz qual prefere nem adianta nomes. O importante é que «conheça a área, que saiba quais são as necessidades e que queira defender os interesses da população». 

Oiça aqui:

 

Definições de Cookies

A Rádio Altitude pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.