PS: Novos militantes asseguram vitória de Agostinho Gonçalves na concelhia e Pedro Fonseca concorre à federação

  • Home    /    
  • Atualidade    /
  • PS: Novos militantes asseguram vitória de Agostinho Gonçalves na concelhia e Pedro Fonseca concorre à federação

Pedro Fonseca é candidato à liderança da Federação Distrital do Partido Socialista, confirmando-se o cenário que a Rádio avançou há duas semanas [ver notícia anterior aqui]. O presidente da Câmara de Seia, Carlos Filipe Camelo, deverá ser o mandatário da candidatura.

O vereador da Câmara da Guarda avançará formalmente no início da próxima semana, para que a Comissão Política Distrital do PS, presidida por Eduardo Brito, que deverá reunir na segunda-feira à noite em Seia, dê início ao processo eleitoral e tenha em conta a existência de, pelo menos, duas candidaturas.

Alexandre Lote, o primeiro concorrente à sucessão de António Saraiva [ver notícia anterior aqui], apresenta-se hoje. Mas Pedro Fonseca quer deixar passar as eleições para as comissões políticas concelhias, que decorrem no fim-de-semana.

No caso da Guarda não deverá haver surpresas e a Rádio já arrisca um prognóstico, a partir da análise da realidade actual do partido: Agostinho Gonçalves deverá ganhar a Nuno Laginhas e com pelo menos 66 por cento dos votos.

A previsão é simples: o director de campanha de Eduardo Brito deverá ter como certo o apoio de 226 militantes que se filiaram desde 2016 e que pagaram quotas em massa nas últimas semanas, segundo apurou a Rádio. Este número constitui dois terços do total de inscritos no PS da Guarda com a situação regularizada, que é, segundo as mesmas fontes, de 339 pessoas.

É este movimento que determina a partir de agora o futuro do partido localmente e mesmo a nível distrital. Depois da previsível vitória de Agostinho Gonçalves na concelhia da Guarda, os mesmos militantes deverão ser essenciais para a tentativa, por parte de Pedro Fonseca, de conquista da federação.

Foi uma adesão discreta, que ocorreu a partir do Verão de 2016 e teve como proponente, na quase totalidade dos casos, o então vereador Joaquim Carreira.

Ironicamente, esta tentativa de renovação no PS dá-se a partir do mesmo método que tanta polémica causou num passado recente do partido: as novas filiações em grande número, num aparente sindicato de votos. E os então críticos da situação juntam-se agora a alguns dos então mentores da entrada de “sangue novo” para efeitos eleitorais internos, surgindo lado a lado na disputa da próxima sexta-feira. 

Em relação às duas listas que vão a eleições para a concelhia da Guarda, verifica-se a circunstância curiosa, mas não inédita, de haver membros das mesmas famílias distribuídos por ambas. E a equipa de Agostinho Gonçalves parece conter uma abrangência de ligações que seria vista como improvável: Maria do Carmo Borges, Joaquim Valente, Fernando Cabral e Virgílio Bento têm elementos próximos lá representados.

Um amplo encontro – ou reencontro – que tem como artífice a nova figura proeminente do PS da Guarda: Pedro Fonseca. É considerado, cada vez mais, quem manda no novo partido.

Pontos que deverão estar em confronto num debate para militantes, entre os dois candidatos à concelhia, a realizar hoje à noite no auditório da Associação Comercial da Guarda. A proposta partiu da candidatura de Agostinho Gonçalves e o encontro com Nuno Laginhas deverá ter Joaquim Carreira como moderador.

Oiça aqui:

 

Definições de Cookies

A Rádio Altitude pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.