Passadiços podem beneficiar todo o Vale do Mondego. Aldeia Viçosa quer abrir ecovia

  • Home    /    
  • Atualidade    /
  • Passadiços podem beneficiar todo o Vale do Mondego. Aldeia Viçosa quer abrir ecovia

Não são apenas as localidades abrangidas pelos Passadiços do Mondego que vão beneficiar deste investimento, mas todo o vale até ao Ponto da Carne.

É a opinião do presidente da Junta de Aldeia Viçosa, Luís Prata.

O autarca refere que esta obra poderá potenciar alguns investimentos complementares e, no caso da freguesia a que preside, sugere a abertura de uma ecovia (pedovia e ciclovia) ao longo do rio, desde os passadiços até ao Porto da Carne.

Luís Prata considera que não será um investimento avultado, até porque se trata de aproveitar trilhos e caminhos que já existem.

Oiça aqui o podcast:

Definições de Cookies

A Rádio Altitude pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.