loader

Obras no Mileu paradas há meses por falta de parecer para passadiço sobre ruínas romanas

  • Home    /    
  • Atualidade    /
  • Obras no Mileu paradas há meses por falta de parecer para passadiço sobre ruínas romanas

A obra de valorização da estação arqueológica do Mileu e de requalificação do largo da capela está parada há meses, porque o projecto incluiria um passadiço sobre as ruínas, idêntico aos que se vêem por todo o país em castelos, muralhas ou também vestígios da época romana, mas que para esta intervenção terá sido desenhado sem ter obtido o parecer das autoridades do património.

A primeira intervenção de fundo, em décadas, para tratamento paisagístico do que sobra daquele que terá sido o centro da Guarda romana esbarra assim num detalhe arquitectónico que os técnicos da Direcção-Geral do Património Cultural alertaram, já com a obra a decorrer, que poderia ferir a preservação dos vestígios milenares e para a qual não tinham sido solicitados pela Câmara Municipal da Guarda a prestar parecer.

O presidente do município, Carlos Chaves Monteiro, diz só ter conhecimento do problema há dois meses e meio e não encontra explicação para o facto de tal autorização não ter sido salvaguardada num processo que envolveu «estudos, avaliações e reuniões».

O autarca revela ter então convocado uma reunião com todas as partes envolvidas, às quais «eu só pedi para me encontrarem uma solução». Não sendo possível o passadiço nem «necessário estar em cima dos vestígios» e podendo estes ser observados «a dois ou três metros de distância», a obra até «acabará por ficar mais barata», conclui Carlos Monteiro.

Assim, «corrigido o projecto, foi o mesmo enviado à Direcção-Geral do Património Cultural para emissão do parecer», já no dia 17 do corrente mês.

O presidente da Câmara que a resposta seja rápida e que «possamos iniciar a obra, que está consignada e está entregue» e só precisa do parecer de Lisboa.

Oiça aqui o podcast:

Definições de Cookies

A Rádio Altitude pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.