“O povo que ainda canta” este sábado na Biblioteca da Guarda

  • Home    /    
  • Atualidade    /
  • “O povo que ainda canta” este sábado na Biblioteca da Guarda

É este sábado, às 18 horas, que "O povo que ainda canta" se reencontra na Guarda. Na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço vão estar Tiago Pereira e José Moças. O autor dos documentários "A Música Portuguesa a gostar dela própria" fez uma recolha do cancioneiro tradicional em todo o país e o editor da Tradissom dá-lhe corpo em livro e DVD, prosseguindo um trabalho que iniciou no século passado no Oriente, na divulgação de registos musicais de comunidades de origem portuguesa, e tem prosseguido em Portugal. A recolha feita na região da Guarda contou com o apoio de César Prata. José Moças, em entrevista à Rádio, deixa o convite para o reencontro.

Oiça aqui:

Definições de Cookies

A Rádio Altitude pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.