Ministra da Saúde: ULS da Guarda é «vítima da interioridade»

  • Home    /    
  • Atualidade    /
  • Ministra da Saúde: ULS da Guarda é «vítima da interioridade»

A ministra da Saúde assume que a Unidade Local de Saúde da Guarda precisará de reforços financeiros, face às verbas de estão inscritas no Orçamento de Estado para 2019. Ouvida na Comissão de Saúde da Assembleia da República, Marta Temido reconheceu que há instituições que «não têm a dotação que será necessário», sendo uma delas a ULS da Guarda, com a qual se compromete a trabalhar «ao nível de planos estratégicos e contratos anuais». Quanto à carência de médicos em várias especialidades, a ministra considerou que o Hospital da Guarda «é vítima da interioridade». Foram as respostas às questões colocadas pela deputada Ângela Guerra, do PSD.

Oiça aqui:

Definições de Cookies

A Rádio Altitude pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.