Limpeza de terrenos: «prazo apertado» e risco de «destruição de espécies protegidas»

  • Home    /    
  • Atualidade    /
  • Limpeza de terrenos: «prazo apertado» e risco de «destruição de espécies protegidas»

As equipas de sapadores florestais de Fernão Joanes não tiveram mãos a medir nas últimas semanas. Por 350 euros por dia (por uma equipa de cinco pessoas e maquinaria), as solicitações estão em lista de espera mas o trabalho foi prejudicado pelas chuva. O prazo é curto e só pode ter sido definido por quem «não sabe sobre o que está a mandar», diz o responsável, Daniel Vendeiro. Também a associação ambientalista Quercus denuncia a destruição de espécies protegidas e de outras que, não o sendo, teriam um papel essencial na renovação das manchas florestais.

Oiça aqui:

 

Definições de Cookies

A Rádio Altitude pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies permitem-nos analisar a utilização do site, por forma a podermos medir e melhorar o respectivo desempenho.
Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.