Actualidade

Na primeira visita à Guarda enquanto cabeça de lista ao Parlamento Europeu, Pedro Marques escolheu simbolicamente uma empreitada pública que tenha sido apoiada por fundos comunitários. Nenhuma das grandes obras que o Partido Socialista concretizou com apoio da Europa enquanto foi poder na Câmara (três centros escolares, o Teatro Municipal da Guarda ou a Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, entre outras) mas um jardim de infância recentemente requalificado. São as verbas comunitárias que permitem intervenções como esta, assinalou. Noutro plano, o ex-ministro das Infraestruturas destacou a «obra feita» pelo Governo de que fez parte, nomeadamente o investimento em curso para a reabertura da Linha da Beira Baixa. O candidato às eleições europeias de Maio começou a tarde em visita à empresa Olano e reuniu com dirigentes académicos no Instituto Politécnico, antes de um plenário de militantes e simpatizantes no Café Concerto do TMG.

Oiça aqui:

 

É mais um apelo do comandante dos Bombeiros Voluntários da Guarda para a criação de uma segunda Equipa de Intervenção Permanente no quartel da corporação da sede do concelho. Não é a primeira vez que Paulo Sequeira fala do assunto mas o tempo passa e não há reforço de meios humanos. É uma situação incompreensivel, diz Paulo Sequeira, que alerta para o risco de segurança de pessoas e bens.

Oiça aqui:

Se a Linha da Beira Baixa está hoje de novo em obras no troço final entre a Covilhã e a Guarda, isso também se deve à pressão da opinião pública para que fossem cumpridas as promessas de reabrir uma via ferroviária centenária (encerrada em 2009 e abandonada dois anos depois). E aqui pontuou uma comunidade na Internet, que tem mais de 7 mil e quinhentos membros. Foi criada por Antero Pires, um jovem engenheiro informáticoque é entusiasta dos caminhos de ferro, em especial desta que é «uma das linhas mais bonitas do país», que percorre a margem do Rio Tejo, atravessa a Cova da Beira e «desafia a natureza» na subida até à Guarda.

Oiça aqui:

O Partido Socialista quer ver no terreno que investimentos estão, de facto, a ser feitos na Plataforma Logística da Guarda. O vereador Eduardo Brito diz esperar que os anúncios tenham correspondência na realidade. O presidente da Câmara, Álvaro Amaro, elogia esta iniciativa da oposição e disponibiliza-se, ele próprio, para acompanhar os eleitos do PS. Declarações no final da reunião do executivo municipal, onde foi revelado que a autarquia disponibilizou todo o apoio para qualquer solução que ajude a viabilizar a fábrica têxtil Confama, em Famalicão da Serra.

Oiça aqui:

A Federação das Associações Juvenis do Distrito da Guarda vai pedir uma audiência ao secretário de Estado da Juventude e do Desporto para dar conta das preocupações em relação ao destino da Pousada da Guarda e tentar travar a transformação do edifício em residência de estudantes. Apesar da decisão do Governo, o presidente da federação, António Bico, ainda não dá a batalha com perdida. E argumenta que o novo uso é que seria uma perda para a Guarda, para os jovens e para o movimento associativo do distrito.

Oiça aqui:

Pode estar a chegar um tempo de «experiências» na Protecção Civil, alertam os Bombeiros da Guarda. A nova lei orgânica prevê extinguir os comandos distritais e reconfigura o mapa de acordo com as comunidades intermunicipais. Uma decisão que deixa o comandante dos vonuntários, Paulo Sequeira, «apreensivo».

Oiça aqui:

As instituições particulares de solidariedade do concelho da Guarda social empregam quase 1.500 pessoas no concelho da Guarda, demonstrando a importância desde sector na economia. A revelação foi feita pelo ministro Vieira da Silva, que marcou presença nas comemorações do 10º aniversário da residência sénior da Fundação João Bento Raimundo.

Oiça aqui: