Actualidade

A Câmara da Guarda apresentou, na última reunião do executivo, um conjunto de projectos de reabilitação urbana. Intervenções que poderão estar no terreno no iníio no próximo ano, estima o presidente, Carlos Chaves Monteiro. Entre as obras anunciadas contam-se a requalificação da Rua Soeiro Viegas e das avenidas Alexandre Herculano e Afonso Costa. Igualmente prioritária é a alteração na avenida de São Miguel, que receberá uma nova rotunda diante do centro de inspecções automóveis. Faz parte de um investimento de cerca de um milhão e meio de euros a suportar pela autarquia, conforme acordado com a Infraestruturas de Portugal para a requalificação dos acessos à estação e ao terminal ferroviário. A empresa pública suportará, por outro lado, a construção da variante à Sequeira, sobre as linhas da Beira Baixa e da Beira Alta. Em fase de projecto estão outras requalificações, revela Carlos Monteiro. Desde logo a alameda de ligação à VICEG. Mas também a melhoria das ruas do Encontro e Tenente Valadim. Uma "revolução viária" para iniciar nos próximos dois anos. Assim haja meios financeiros. Para já, uma das grandes obras do mandato, os Passadiços do Mondego, está parada no Tribunal de Contas, que pediu explicações precisamente acerca da capacidade de execução no caso de a Câmara não conseguir financiamento comunitário.

Oiça aqui:

A Feira Farta decorre sábado e domingo, com uma mostra dos produtos agrícolas das freguesias do concelho da Guarda. Antevisão pela responsável do evento, a vereadora Cecília Amaro.

Oiça aqui:

Não vai haver mexidas nos impostos municipais na Guarda. O IMI mantém-se nos 0,4%. A derrama (sobre o lucro das empresas) também não é alterada. E a variável do IRS que depende das autarquias mantém-se na taxa máxima : 5%. É a primeira proposta de Carlos Chaves Monteiro enquanto presidente, justificada com a necessidade de dinheiro para compromissos e investimentos.

Oiça aqui:

O município de Manteigas foi  distinguido com o galardão “Cidades e Vilas de Excelência” pelas práticas inovadoras nos sectores do turismo, regeneração e vitalidade urbana.O prémio é um reconhecimento público ao trabalho que tem sido desenvolvido no âmbito dos trabalhos de requalificação da vila. Destaca os planos, projetos, acções ou iniciativas em contexto turístico, que tiveram ou terão lugar no espaço público de Manteigas, promovendo um turismo dinâmico com aproveitamento sustentável e inteligente dos recursos naturais, históricos e culturais. O presidente da Câmara, Esmeraldo Carvalhinho, diz que este é o caminho a seguir.

Oiça aqui:

Há uma nova escola de desporto na Guarda: chama-se “Guarda Up”, existe há cerca de meio ano e arranca agora para a primeira época de competição. A modalidade principal é o basquetebol, onde tem inscritos mais de 50 atletas em praticamente diferentes escalões. Mas os objectivos vão além do jogo dentro das 4 linhas: pretende sensibilizar os mais novos para a iniciação desportiva.

Oiça aqui:

Chama-se "Rezas, benzeduras e outras cantigas" e é o novo trabalho do músico César Prata e de Vânia Couto. O disco de canções popularesda tradição oral portuguesa foi apresentado ao vivo no passado dia 19 de Julho no castelo de Trancoso e esta noite pode ser apreciado no Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda.

Oiça aqui:

Nos primeiros seis  meses do ano o turismo na região centro cresceu mais do que no resto do país. Os dados disponiveis indicam que o número de visitantes aumentou cerca de 5,5% superando a média nacional, que está pouco acima dos 4 %. Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro, sublinha o a maior procura por parte de turistas estrangeiros. 

Oiça aqui: