Actualidade

Regressam as críticas à proibição dos desportos de montanha na Serra da Estrela. O assunto voltou à ordem do dia num encontro que decorreu no Politécnico da Guarda. O alpinista Pedro Guedes reconhece que a serra tem boas condições para a prática de várias actividades. O problema é que o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas não as permite. Outro praticante (o espanhol Jorge Manzano) destaca as vantagens do turismo de natureza e de como pode ser importante no contexto do desenvolvimento regional  em zonas cada vez mais despovoadas. E até os próprios alunos do IPG da área do desporto (que têm uma unidade curricular relacionada com desportos de montanha) podiam aproveitar melhor. Até porque convém que haja experiências no terreno, lembra a subdirectora da escola Superior de Educação e Desporto, Natalina Casanova.

Oiça aqui:

A nova directora regional de Cultura do Centro, Susana Menezes, não se compromete com datas para a conclusão do processo de aquisição de um órgão de tubos para a Sé da Guarda. A aquisição do instrumento [ver notícia aqui], que teria financiamento assegurado pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, conheceu um revés depois da decisão de restaurar o órgão desmantelado no início do século XX. Algo que o vigário-geral da diocese, Manuel Pereira de Matos, considerou difícil de concretizar [ver notícia aqui]. Recentemente, o assunto foi levantado na Assembleia da República pelo deputado Santinho Pacheco [ver notícia aqui].

Oiça aqui:

 

A partir de hoje, andar de transportes públicos na região é mais barato.Depois de começar por Lisboa e Porto, a redução do preço dos passes chegou esta quarta-feira à CIM das Beiras e Serra da Estrela. .Os autarcas da Comunidade Intermunicipal decidiram que os utentes com idade até aos 23 anos e acima dos 65 têm uma redução de 60%, enquanto que os cidadãos com idades entre os 23 e os 65 anos têm uma redução de 40%. É uma das regiões do país a conceder maior apoio. Os descontos incidem nos transportes públicos de todos os municípios da CIM (15 no total) incluindo a zona urbana da Guarda.

Oiça aqui:

Pode haver uma esperança para a fábrica de confecções de Famalicão da Serra, que fechou há dois meses e deixou cerca de 70 pessoas no desemprego. Se o pedido de insolvência não avançar há um empresário eventualmente interessado em reabrir a unidade fabril. É uma possibilidade, revelou ontem na reunião de Câmara o presidente, Carlos Monteiro.

Oiça aqui:

É um regresso ao lugar onde tudo começou: na abertura da nova sede da Federação de Bombeiros do distrito, no Centro Histórico da Guarda, que acolhe agora o espólio de Manuel Madeira Grilo, foi destacado o simbolismo do lugar.

Oiça aqui:

O eurodeputado Francisco Assis sente-se «um pouco cidadão da Guarda». E isto depois de, num primeiro momento, quando o Partido Socialista o indicou para cabeça de lista à Assembleia da República as eleições de há 10 anos, o então deputado pelo Porto ter reagido mal à ideia de vir a ser um paraquedista. José Sócrates, então secretário-geral do PS, teve de indicar o cabeça de lista, porque a concelhia da Guarda ameaçava bater com a porta: na altura, José Albano Marques era presidente da federação socialista e tinha-se proposto para primeiro nome, como também recordou, no programa da Rádio “O Mundo Aqui”, o então presidente da estrutura, Virgílio Bento. Quanto à disponibilidade de Francisco Assis para colaborar com a candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura [ver notícia aqui], o antigo vereador da Câmara da Guarda diz que é também uma questão de justiça ao legado dos executivos do PS nesta área.

Oiça aqui:

 

 

A Liga de Amigos de Pousade «é  a instituição vencedora do Prémio Solidário Cápsula do Tempo - Guarda 2050. A Cápsula do Tempo foi uma acção que assinalou os 40 anos do Programa Escape Livre, o mais antigo programa de rádio sobre o mundo automóvel em Portugal, e os 65 da Rádio Altitude, onde é emitido. O prémio de mil euros, patrocinado pela empresa de transportes Bernardo Marques, será aplicado em obras urgenntes para melhorar a assitência a quinze idosos, refere a presidente da Liga, Maria José Pires.

Oiça aqui: