Os produtores do queijo Serra da Estrela podem vir a ser impedidos de utilizar a flor do cardo. Este é o coagulante utilizado desde sempre e as queijeiras retiram-no de uma erva típica da região, num saber que tem sido legado entre gerações. Só que, nos termos de uma norma europeia agora aprovada, o uso de qualquer enzima em produtos alimentares carece de autorização, obrigatoriamente pedida até 15 de Março. Na Assembleia da República já houve deputados que questionaram a ministra da Agricultura. Enquanto estas discussões prosseguem em Lisboa e em Bruxelas, fazemos um percurso pelo Alto Mondego, onde o clima e os pastos são o segredo de um bom queijo. Acompanha-nos o produtor agrícola Mário Martins, que considera estas e outras normas absurdas e prevê a destruição do modo tradicional de fabrico daquele que gostamos de classificar como o melhor queijo do mundo.

Oiça aqui: