A Câmara Municipal da Guarda apresenta esta quinta-feira a equipa de projeto da candidatura da cidade a Capital Europeia da Cultura em 2027, que tem Pedro Gadanho como director executivo.

O arquitecto, antigo director do MAAT (Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia de Lisboa) e curador do Departamento de Arquitectura e Design do Museu de Arte Moderna de Nova Iorque [ver notícia aqui], já se encontra na Guarda e liderá uma equipa de 16 pessoas, incluindo 13 programadores. Destes, quatro são quadros da própria autarquia e os restantes serão contratações externas.

O presidente da Câmara, Carlos Monteiro, revela que Pedro Gadanho receberá um valor mensal de cerca de 5 mil euros, em linha com o que justifica ser o pagamento aos coordenadores das equipas de candidatura de outras cidades. Os custos com aquisições de serviços deverão rondar, no total dos dois anos de duração da equipa de projeto (2020 e 2021) até à conclusão do processo para a candidatura, os 170 mil euros.

Esta é uma aposta estratégica do município, sublinha Carlos Monteiro, lembrando que só no orçamento para o ano corrente há uma dotação de perto de meio milhão de euros.

Ainda assim, o presidente da Câmara da Guarda espera que os outros 16 municípios da região que apoiam a candidatura comparticipem os custos. E vai, juntamente com os responsáveis das restantes cidades candidatas, questionar o Governo acerca de formas de compensação financeira, sobretudo no caso de não serem escolhidas.

Guarda, Coimbra, Braga, Évora, Aveiro, Leiria, Faro, Oeiras e Ponta Delgada querem ser Capital Europeia da Cultura em 2027. Além da cidade portuguesa que vier a ser escolhida, a Letónia também terá uma capital no mesmo ano.

A proposta para a criação da equipa de projeto foi aprovada por unanimidade na reunião da Câmara da passada segunda-feira. Mas os vereadores do Partido Socialista chamaram a atenção para o que dizer ser uma escassa presença de recursos internos e, também, para a falta de representatividade de elementos ou instituições da própria cidade que se candidata.

Oiça aqui: