Já assim foi há 500 anos nas descobertas. Quando Portugal deu novos mundos ao mundo levou nas naus e caravelas vinho desta região. O facto de ser produzido em altitude dava-lhe outro corpo e maior duração. Cinco séculos depois o navio-escola Sagres faz uma viagem de circum-navegação e leva também vinhos da Beira Interior para um estágio em mar alto e provas em todo o mundo.

Oiça aqui: