A primeira reunião descentralizada da equipa do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social vai ter lugar na Guarda, no dia 18 de Dezembro. A ministra Ana Mendes Godinho e os secretários de Estado Rita Cunha Mendes (da Acção Social), Ana Sofia Antunes (da Inclusão das Pessoas com Deficiência), Miguel Cabrita (Adjunto, do Trabalho e da Formação Profissional) e Gabriel Bastos (da Segurança Social) vão estar todo o dia no distrito. Revelação feita pela ministra em entrevista exclusiva à Rádio. Ana Mendes Godinho confirma a abertura, a 9 de Dezembro, da sede da Secretaria de Estado da Acção Social (ainda em instalações provisórias na Avenida Francisco Sá Carneiro, no edifício do Instituto da Mobilidade e dos Transportes), onde a secretária de Estado Rita Cunha Mendes e a equipa passarão a trabalhar em permanência «a partir da Guarda para todo o país». Trata-se, diz a governante, também de «uma prenda para a Guarda», que assinala os 820 anos da atribuição da carta de foral. Ana Mendes Godinho anuncia que ela própria estará na cidade «pelo menos uma vez por mês» e que não deixará de «acompanhar em permanência» o desenvolvimento de projectos de interesse para a Guarda noutras áreas governativas, a começar pela Saúde.

Oiça aqui: