Está lançado o concurso para a primeira fase das obras de instalação da Unidade de Medicina Nuclear no hospital do Fundão. O aviso já foi publicado em Diário da República no passado mês de Outubro. Trata-se da criação de uma unidade que a região andava a reclamar há muitos anos. Segundo o presidente da Câmara, Paulo Fernandes, o investimento vai rondar os 300 mil euros só na parte da construção, sendo que nos próximos meses deverão ser abertos novos concursos para a aquisição de equipamento. O autarca do Fundão está convicto de que a candidatura apresentada a fundos comunitários para comparticipar a execução desta obra vai ser aprovada. Este é um processo que se arrasta dá vários anos. E também a Guarda chegou a reivindicar a instalção de idêntico serviço. Em Abril de 2016 a Assembleia Municipal aprovarou mesmo, por unanimidade, uma moção do deputado socialista Matias Coelho, numa altura em que o Ministério da Saúde estudava as várias possibilidades de localização.

Oiça aqui: