Os institutos politécnicos de Setúbal, Bragança e Guarda (por esta ordem) lideram a lista das instituições de Ensino Superior (33 no total do país) que mais aumentaram o número de alunos colocados comparativamente ao ano passado, terminadas que estão as três fases. Setúbal teve mais 126 estudantes, Bragança mais 90 e o Politécnico da Guarda mais 76 alunos do que em 2018. A Universidade da Beira Interior aparece em sexto lugar com mais 59 alunos do que no ano anterior e o Politécnico de Castelo Branco está na 11ª posição com mais 38 estudantes. Em termos percentuais o IPG preencheu 62,7% das vagas, com 640 novos alunos, ao passo que Bragança ocupou menos de metade: 47,8%.

Oiça aqui: