A Guarda vai receber o comando da Unidade de Emergência de Protecção e Socorro da GNR. A nova estrutura de âmbito nacional, que engloba entre outras valências o Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro, vai ficar sediada nas antigas instalações da empresa Infraestruturas de Portugal, na avenida Francisco Sá Carneiro, onde está actualmente o Instituto da Mobilidade e dos Transportes. O anúncio foi feito pelo presidente da câmara da Guarda, Carlos Monteiro, durante a reunião do executivo. A autarquia foi informada da decisão pelo Ministério da Administração Interna no final da semana passada, depois de negociações que duraram vários meses. Carlos Monteiro sublinha a importância desta decisão do governo, porque se trata de localizar numa cidade do interior um serviço de âmbito nacional. E revela que a Câmara aproveitou para chamar novamente a atenção do Governo para a importância de localizar também na Guarda o futuro Comando Sub-Regional da Protecção Civil (na sequência da nova lei orgânica).

Oiça aqui: