A nova directora regional de Cultura do Centro, Susana Menezes, não se compromete com datas para a conclusão do processo de aquisição de um órgão de tubos para a Sé da Guarda. A aquisição do instrumento [ver notícia aqui], que teria financiamento assegurado pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, conheceu um revés depois da decisão de restaurar o órgão desmantelado no início do século XX. Algo que o vigário-geral da diocese, Manuel Pereira de Matos, considerou difícil de concretizar [ver notícia aqui]. Recentemente, o assunto foi levantado na Assembleia da República pelo deputado Santinho Pacheco [ver notícia aqui].

Oiça aqui: