Francisco Assis está disponível para trabalhar pela candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura. O ainda eurodeputado do Partido Socialista, que não integrará a lista para as eleições do dia 26 (lista que encabeçou há cinco anos), regressa ao país e ontem, Dia da Europa, veio à Guarda participar  numa conferência promovida pela Câmara, tendo como pano de fundo a candidatura para 2027. Assis foi deputado do PS pela Guarda entre 2009 e 2011 e considera ser de toda a justiça a conquista do título de Capital Europeia da Cultura. Mais equidistante está a nova directora regional de Cultura, também presente na conferência. Susana Menezes representa agora o Governo na área territorial que tem quatro cidades candidatas (Guarda, Aveiro, Coimbra e Leiria) e não pode mostrar preferências, para lá do desejo de que uma delas seja a escolhida.

Oiça aqui: