O campo de futebol António dos Santos, que pertenceu ao clube desportivo do Mileu, está à venda por 360 mil euros, mais 319,999 do que o preço de arrematação no leilão realizado há quase quatro anos pelas Finanças e que a Câmara da Guarda perdeu para um promotor imobilário da região de Aveiro. Quando o valor estava nos 40 mil euros, a autarquia colocou uma oferta de 50 mil mas a licitação não foi considerada, por ter entrado um segundo depois do prazo limite. Assim, bastou ao concorrente vencedor oferecer mais um euro. Desde então o município tenta por várias vias chegar a acordo com o proprietário, não estando afastada a hipótese de expropriação por interesse público. Mas o vice-presidente e vereador do Desporto, Carlos Chaves Monteiro, ainda espera uma «convergência de interesses». No portal onde se encontra à venda, o imóvel é classificado como «terreno raríssimo» e descrito como «campo de futebol com bancada lateral, bar e balneários, situado na zona industrial da Guarda», com uma área total de 13.300 metros quadrados, dos quais 656 metros quadrados são de área coberta.

Oiça aqui: