Há um "toque a rebate" pela saúde na Guarda. Em poucos dias foram várias as vozes de revolta pelo alegado desinteresse por parte do Governo sobre o futuro do Hospital Sousa Martins e de toda a estrutura da Unidade Local de Saúde. Na Câmara da Guarda, até o vereador socialista Eduardo Brito afirmou que é preciso pedir respostas. E Álvaro Amaro considera que o Hospital precisa de ajuda. Entretanto, a distrital do PSD considera que a aprovação final do Orçamento de Estado para 2019 confirmou todos os piores receios.

Oiça aqui: