O presidente da Fundação Côa Parque diz que a revelação de novas descobertas arqueológicas no Vale do Côa confirma um novo dinamismo e uma nova aposta na área da investigação no parque arqueológico. Foi colocada a descoberto uma nova rocha com gravuras rupestres, no sítio da Penascosa, cujos motivos, segundo os especialistas, apresentam um estilo que é mais característico de fases mais recentes do Paleolítico Superior, com uma idade de 18 mil a 12 mil anos.

Oiça aqui: