Uma das únicas experiências concretas de descentralização de uma função ou de um equipamento do Estado para um município aconteceu na Guarda por iniciativa do anterior governo: a passagem do Museu para a Câmara. António Leitão Amaro era então secretário de Estado da Administração Local e nessa qualidade assinou o que dizer ter sido um acordo pioneiro. Desde então «nada mais foi feito», lamenta. O vice-presidente da bancada parlamentar do PSD veio à Guarda falar sobre descentralização, num encontro promovido pelos jovens autarcas social-democratas do concelho, aos quais deixou uma mensagem de incentivo à participação na política.

Oiça aqui: