A Escola Profissional da Guarda vai ter, a partir do ano lectivo que agora começa, aulas de língua chinesa. Trata-se de uma «aposta no futuro» e na preparação dos alunos para aquele que deverá ser um dos principais idiomas francos, justifica o director, João Raimundo.

Oiça aqui: