Rádio Altitude - PS exige que Câmara ponha fim aos abates no canil municipal ou pague esterilizações em clínicas veterinárias

O Partido Socialista exige que a Câmara da Guarda dê cumprimento à legislação que proíbe o abate de animais nos canis municipais e que transforma estas estruturas em centros de recolha para esterilização de cães e gatos, como forma de conter a sobrepopulação de animais vadios.

Pedro Fonseca, vereador na autarquia e presidente da federação distrital do PS (que, antes de se tornar filiado socialista foi, até 2016, foi militante e dirigente do PAN e um dos impulsionadores da iniciativa legislativa que a Assembleia da República aprovou naquele ano), lembra que o período de transição para a aplicação das novas regras está a terminar, devendo a legislação entrar em vigor no próximo mês de Setembro.

O agora dirigente máximo do PS no distrito fala em «alteração de paradigma» e quer que o Município da Guarda esteja na primeira linha. Se tal não for possível, a Câmara deverá estabelecer protocolos com clínicas veterinárias para assegurar a esterilização dos animais recolhidos pela autarquia.

Oiça aqui:

.