Depois da dispensa de todos os prestadores de serviço em regime de avença ou beneficiários de programas de inserção, no final do mês passado [recordar notícia aqui], a Câmara Municipal da Guarda aprovou ontem por unanimidade a regularização de 37 casos. São os que cumprem os requisitos e respondem a necessidades permanentes, sobretudo na área da Educação, explicou o presidente, Álvaro Amaro. Vão integrar o quadro após concursos que serão abertos em breve. 

Oiça aqui: