Em 1867 começou por chamar-se “Asilo da Infância Desvalida”. Nasceu na Guarda pela mão de António Pais de Sande e Castro, então Governador Civil, e das várias direcções fizeram parte alguns nomes que acabariam por ficar ligados à história da cidade. Mais tarde, em Novembro de 1936, as irmãs Dominicanas de Santa Catarina de Sena chegaram à cidade e tomaram conta de uma obra que ainda hoje se mantém e que toda a gente conhece como Casa da Sagrada Família. Cumprem-se agora os 150 anos da instituição.

Oiça aqui: