A Câmara da Guarda quer ouvir, nos próximos três meses, opiniões de técnicos, cidadãos e estruturas políticas sobre a gestão das árvores do parque da cidade. «Pessoas interessadas que olhem pare estas árvores, que cumpriram uma notável missão ao longo de décadas e décadas, mas muitas dela estão velhas, feias e não têm nenhuma utilidade», pediu Álvaro Amaro durante a inauguração da requalificação do espaço. Porém, frisou, «é a minha opinião mas não é a minha decisão». E se a cidade assim o entender «estou disponível para investir e plantarmos novas árvores, para cumprirem mais décadas e décadas».

Oiça aqui: