Tirando um ou outro ponto, esperava-se uma sessão cordial de despedidas do mandato na Assembleia Municipal da Guarda. Mas o Partido Socialista voltou a insistir na questão da dívida da Câmara à empresa Águas de Portugal. E quando a discussão parecia terminada, o líder da bancada do PS ainda relembrou o processo do Hotel Turismo. E  aí subiram os decibéis do debate.

Oiça aqui: