O futuro nó entre as auto-estradas A62, do lado espanhol, e A-25 do lado português pode ser o princípio do fim do movimento em Vilar Formoso – principalmente em meses como o de Agosto, com a chegada de milhares de emigrantes portugueses e muitos turistas estrangeiros que optam por viajar em viatura própria. Passar de um país para o outro quase nem se vai dar conta. É motivo de preocupação para os próximos gestores autárquicos, admite o presidente da Câmara, António Baptista Ribeiro.

Oiça aqui: