A questão da dívida da câmara da Guarda à empresa “Águas de Portugal” dominou as conversas - esta manhã - na Assembleia Municipal. A discussão foi sobretudo entre a bancada do PS e o presidente da câmara. De um lado os socialistas a denunciar os números. Do outro Álvaro Amaro a garantir que a dívida é metade do valor que veio a público. E até poderá ser menor.

Oiça aqui.