Actualidade

Está definido o quadro de funcionam ento da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela para este mandato. Tal como a Rádio tinha antevisto há duas semanas [ver notícia aqui] e avançado [ver notícia aqui], a sede continua na Guarda e Filipe Camelo (presidente da Câmara de Seia, do PS) e Luís Tadeu (de Gouveia, do PSD) vão dividir a presidência. Na primeira metade, Rui Ventura (de Pinhel, do PSD) e Manuel Fonseca (de Fornos de Algodres, do PS) vão ser os vice-presidentes, lugares que a seguir serão desempenhados por Esmeraldo Carvalhinho (de Manteigas, do PS) e António Machado (de Almeida, do PSD). Os secretários executivos António Ruas (de Pinhel, do PSD) e Carlos Martins (de Trancoso, do PS) vão manter-se. Decisões tomadas esta terça-feira por unanimidade. O distrito da Guarda tem assim a sede e todos os órgãos.

Oiça aqui:

O presidente da Câmara da Guarda e dos Autarcas Social Democratas, Álvaro Amaro, foi escolhido por Rui Rio para ser o coordenador sectorial que conduzirá as negociações, com o Governo, do processo de descentralização. Esta é uma das reformas como prioritárias definidas pelo novo presidente do PSD e pelo primeiro-ministro, António Costa, após a reunião de hoje de manhã em São Bento, onde ambos assumiram o compromisso de um trabalho conjunto para o estabelecimento de uma base de consenso político que permita «realizar reformas estruturais». A descentralização é uma delas. Álvaro Amaro, que também fundou recentemente o Movimento pelo Interior, é o escolhido pelo líder social-democrata para orientar o processo em nome do partido, numa altura em que o Governo tem já negociações avançadas com a Associação Nacional de Municípios. A outra área em que haverá desde já contactos estreitos entre o PSD e o Governo prende-se com a definição do próximo quadro de fundos comunitários. Manuel Castro Almeida, antigo secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, vai ser o coordenador sectorial. As nomeações foram anunciadas esta tarde por Rui Rui, no final da primeira reunião da nova comissão política nacional do PSD. Álvaro Amaro passa a ter assento, devido a estas novas funções, na comissão permanente do partido.

Oiça aqui:

A Câmara Municipal da Guarda vai investir até Junho cerca de 1,4 milhões de euros em medidas de prevenção de incêndios rurais, no âmbito do Plano de Proteção da Floresta, que ontem foi apresentado. É um dos primeiros a nível nacional e avança, diz a autarquia, sem garantia de financiamento por parte do Governo.

Oiça aqui:

Segredos e cortinas de fumo.O presidente e o vereador da oposição na Câmara da Guarda trocaram acusações, ontem, a propósito do plano de protecção de florestas, que foi apresentado à tarde [ver notícia aqui]. Eduardo Brito acusou Álvaro Amaro de agir em segredo por não ter levado o documento à apreciação do executivo na reunião da manhã. O líder da maioria referiu-se à intervenção do eleito socialista como "cortina de fumo".

Oiça aqui:

A Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior, que tem sede na Guarda, foi distinguida pela revista "Vinho Grandes Escolhas" como Organização Vitivinícola do Ano em . Estes galardões são conhecidos como “Os Óscares do Vinho” em Portugal.

Oiça aqui:

Portugal é o país convidado da edição deste ano da Feira Ibérica de Turismo, na Guarda. Depois do Brasil e de Cabo Verde, agora é a própria nacionalidade. O presidente do Turismo do Centro, Pedro Machado, diz que a escolha faz todo o sentido, porque se trata do melhor destino turístico do mundo.

Oiça aqui:

Algumas dezenas de motards concentraram-se este domingo na Guarda contra a obrigação de levar os motociclos a partir de uma certa cilindrada à inspecção periódica obrigatória. É não conhecer a realidade, diz Carlos Antunes, um dos organizadores do protesto.

Oiça aqui: